Instituição Religiosa-Igreja Católica-Paróquia São José Operário Tel.4582-5091- Retiro Jundiaí

Acesse nossa página no Facebook

Acesse nossa página no Facebook:





Compromisso de todo Cristão

Compromisso de todo Cristão
Compromisso de todo Cristão

Outubro - Mês Missionário

Outubro - Mês Missionário
Outubro - Mês Missionário

domingo, 27 de junho de 2010

Paróquia realiza encontro de Salmistas

Em encontro realizado na Matriz São José os salmistas (parte integrante da pastoral litúrgica) puderam vivenciar um momento de formação e integração de experiências. O convite foi estendido as quatro comunidades: São José Operário, São Gabriel, Santa Cruz e Cristo Rei.
O encontro teve início as 09:30 com a celebração da Missa.
Depois do trabalho realizado pelo João Bueno a frente da coordenação paroquial dos salmistas, a equipe conheceu a nova coordenação composta por Sidnei e Domingos.
Assim como em várias pastorais, a equipe de salmistas necessita de cantores para compor as escalas.
Há em vista, uma uma grande preocupação de conduzir o cântico litúrgico o mais próximo daquilo que é recomendado.A função ministerial da música na liturgia tem uma relação fundamental com a palavra e sua sacramentalidade: Cristo “está presente em sua palavra, pois quando se lê a Sagrada Escritura na Igreja, é Ele que fala. Está presente quando a Igreja suplica e canta salmos” (SC 7).
O músico precisa ser sintonizado com o Espírito para captar a unção do céu. Sua inspiração precisa vir do Espírito Santo. O músico precisa ser um homem de oração. ”

O primeiro momento do encontro foi conduzido pelo Antonio Pimentel (Tonhão) que falou sobre a importância da Eucaristia na vida do cristão,baseado em seu testemunho e experiência como Ministro da Eucaristia
Em seguida, foi a vez de Rita de Fátima que falou sobre "cantar com alegria". Ressaltou sobre esse meio poderoso que é o cântico, no serviço da Evangelização.
Confira abaixo os 30 pecados do músico, que a Rita utilizou para reflexão, elaborados por Pe. Joãozinho e Serginho Valle! "Tenho certeza que você, assim como eu, já se encaixou ou se encaixa em um deles". Confira:


1- Fazer do altar um palco
2- Impor sempre seu gesto pessoal
3- Cantar por cantar
4- "Só toco se for do meu jeito"
5- Ir sempre contra a ideia da equipe de celebração e do padre
6- Escolher sempre as mesmas músicas
7- Nunca sorrir
8- Usar instrumentos desafinados
9- Tocar músicas de novela em casamento
10- Afinar os instrumentos durante a missa
11- Colocar letra religiosa em música da "parada"
12- Nunca estudar liturgia
13- Não prestar atenção na letra do canto
14- Não ler o Evangelho do dia antes de escolher as músicas
15- Cantar forte demais no microfone, ou seja, o seu é sempre o mais alto
16- Volume dos instrumentos (muito) acima do volume dos microfones
17- Coral que canta tudo sozinho
18- Cantar só para exibir-se (estrelismo)
19- Distrair a assembleia com conversas paralelas durante a missa
20- Não avisar ao padre as horas que serão cantadas
21- Nunca ensaiar novas canções nem estudar o instrumento que ministra (voz, violão, teclado...)
22- Ensaiar tudo antes da missa
23- Cantar músicas desconhecidas
24- Usar roupa bem extravagante, que chame a atenção
25- Fazer de conta que está em um show de rock
26- Perder contato com a assembleia
27- Músicas fora da realidade e do tempo litúrgico
28- Fazer o máximo de barulho
29- Não ter vida interior, oração com o Ministério inteiro ou falsa humildade
30- Repetir no fim de cada celebração: EU SOU MESMO O MELHOR!

Um comentário:

  1. Olá povo da Pascom!!
    O Blog tá lindo !! Sou Regina da Com. Cristo Rei ( Cond dos Metalurgicos )
    E´gente essa nossa missão de levar o povo louvar a Deus através da música não é fácil ... Mas é gratificante... Primeiramente Deus age e nos transforma e depois nos faz instrumentos para ecoar Seu Amor!! Rezem por nós !!
    Bjs Rê Paz e Bem !!!

    ResponderExcluir