Instituição Religiosa-Igreja Católica-Paróquia São José Operário Tel.4582-5091- Retiro Jundiaí

Acesse nossa página no Facebook

Acesse nossa página no Facebook:





Compromisso de todo Cristão

Compromisso de todo Cristão
Compromisso de todo Cristão

Ano Nacional Mariano

Ano Nacional Mariano
Ano Nacional Mariano

domingo, 17 de abril de 2011

Campanha da Fraternidade: "Qual a parte que nos toca?"

As comunidades de nossa paróquia concluíram as reflexões sobre a CF-2011. Este será sempre um tema bastante importante por toda a nossa vida. Não se limita apenas durante este tempo. Cada família é chamada a contribuir fazendo a sua parte por menor que seja. Pode por exemplo, começar por fazer a coleta seletiva doméstica, separando o lixo pela sua classificação. Os grupos de Evangelização de nossa paróquia ajudaram e tem ajudado muito a formar esta consciência nas pessoas.
Há mais de quarenta e cinco anos, aqui no Brasil, a Igreja Católica Apostólica Romana aproveita o tempo quaresmal, todos os anos, para destacar um aspecto da caridade fraterna, para que todos os católicos brasileiros não só reflitam a respeito, mas procurem concretamente vivenciá-lo numa campanha denominada Campanha da Fraternidade.
Cada ano, é escolhido um tema e um lema a ser vivido, principalmente na Quaresma, de modo especial.

Neste ano de 2011, o tema escolhido é “Fraternidade e a Vida no Planeta”, com o lema: “A criação geme em dores de parto” (Rom 8,22).
A reflexão desta campanha nos leva a observar como as atividades humanas contribuem para o fenômeno do aquecimento global, que está provocando mudanças climáticas com sérias ameaças para a vida humana, sobretudo a vida dos mais pobres e vulneráveis.
Exemplificando: O desmatamento predatório, as queimadas, as construções em lugares inadequados, principalmente às margens de rios e córregos e encostas sujeitas a deslizamentos, etc.
Há um conflito entre o crescimento econômico e a preservação do meio ambiente. É verdade que o progresso tecnológico pode ajudar na solução dos problemas, porém, até agora, tem ajudado apenas os 20% mais ricos da humanidade.
Nosso Papa Bento XVI nos pede que rezemos e façamos algo para que “as riquezas da criação” sejam preservadas e postas à disposição de todos. Em outras palavras: Todos nós precisamos aprender a viver com simplicidade, sem ganância, sem devastar a natureza. De maneira especial, os 20% mais ricos devem “viver mais simplesmente”, para que os 80% mais pobres possam “simplesmente viver”!
Colaboração: Grupo de Evangelização-Comunidade Cristo Rei

Nenhum comentário:

Postar um comentário