Instituição Religiosa-Igreja Católica-Paróquia São José Operário Tel.4582-5091- Retiro Jundiaí

Acesse nossa página no Facebook

Acesse nossa página no Facebook:





Compromisso de todo Cristão

Compromisso de todo Cristão
Compromisso de todo Cristão

Outubro - Mês Missionário

Outubro - Mês Missionário
Outubro - Mês Missionário

domingo, 6 de novembro de 2011

Dízimo pela fé e amor

Durante o mes de Novembro a Diocese de Jundiaí estará refletindo sobre a importância do dízimo na vida da Igreja. Em nossa paróquia durante as celebrações uma pessoa estará falando sobre o dízimo a partir de sua experiência como dizimista. O dízimo é uma das formas de cada cristão realizar a vontade de Deus em sua própria vida. É um ato profundo de fé e amor, que impulsiona a cada um de nós a realizarmos a partilha que Deus deseja entre todos nós. É uma das formas de vivenciarmos a fé pela fé. Realizarmos a partilha acreditando no ato de amor que não espera a retribuição; partilha por amor, obediência por amor, fidelidade por amor, amor por amor, este é o fundamento do dízimo. (Gênesis 4, 2b-4) “Abel tornou-se pastor de ovelhas e Caim cultivava o solo. Depois de algum tempo, Caim apresentou produtos do solo como oferta a Deus. Abel, por sua vez, ofereceu os primogênitos e a gordura do seu rebanho. Deus gostou de Abel e de sua oferta, e não gostou da Caim e da oferta dele.” Você já pensou por que Deus agradou-se com uma oferta e não com a outra. Deus, onisciente (porque é somente Ele que tudo saber, tudo conhecer) viu o amor em uma oferta e a falta deste amor na outra oferta. Assim também acontece com nosso dízimo, quando o ofertamos a Deus é fundamental que seja com amor. Não estamos falando de dízimo como “alguns grupos religiosos”, que utilizam argumentos vindos de uma certa “teologia da prosperidade”, onde, sendo fiel, você não terá problemas, não terá doenças, não terá preocupações, viverá na plena prosperidade. A Igreja Católica Apostólica Romana nunca teve este pensamento da “teologia da prosperidade”, ou se quer, fez esta orientação sobre o dízimo, ela sempre ensinou sobre o dízimo como verdade de obediência à vontade de Deus, para que haja a plena e perfeita partilha entre nós na forma de que reconheçamos as graças que recebemos de Deus e realizemos a oferta do dízimo como forma de agradecimento, de partilha e de sustento para a igreja.
Entre os mandamentos da Igreja também está o dízimo:
1- Participar da missa nos domingos e festas de guarda.
2- Confessar-se ao menos uma vez por ano.
3- Comungar ao menos pela Páscoa da Ressurreição.
4- Jejuar e abster-se de carne, conforme manda a Santa Mãe Igreja
(Catecismo da Igreja Católica, nn 2042 – 2043)
5- Pagar o dízimo conforme o costume

Nenhum comentário:

Postar um comentário