Instituição Religiosa-Igreja Católica-Paróquia São José Operário Tel.4582-5091- Retiro Jundiaí

Acesse nossa página no Facebook

Acesse nossa página no Facebook:





Compromisso de todo Cristão

Compromisso de todo Cristão
Compromisso de todo Cristão

Outubro - Mês Missionário

Outubro - Mês Missionário
Outubro - Mês Missionário

sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

Papa convida as famílias à redescoberta da oração

Nas_audiencias_Gerais_6Durante a última audiência geral do ano, realizada dia 28 de dezembro, Bento XVI convidou  as famílias católicas à redescoberta da “beleza de rezar em conjunto”, apresentando como “escola” a Sagrada Família de Nazaré, Jesus, Maria e José.
“Se uma criança não aprende a rezar em família, este vazio será difícil de preencher depois. Possam todos descobrir, na escola de Nazaré, a beleza de rezarem juntos como família”, disse o Papa, em português, na última audiência geral de 2011, a 45ª do ano, que decorreu na sala Paulo VI, do Vaticano.
Bento XVI aludiu ao “mistério do Natal”, deixando votos de que os fiéis saibam “escutar, meditar, penetrar no sentido profundo da manifestação do Filho de Deus”.
“Que este tempo de Natal seja para todos a ocasião de tornar mais íntima e mais verdadeira a sua relação com o Filho de Deus feito homem”, declarou, falando aos peregrinos de língua francesa.
Em português, o Papa referiu-se ao episódio da apresentação de Jesus no templo de Jerusalém, como filho primogénito, 40 dias depois do seu nascimento.
“Maria ouve lá, do velho Simeão, palavras que lhe anunciam glórias e tribulações. Ela «guardava todas estas coisas no seu coração». Esta capacidade de Maria era contagiosa, sendo o seu primeiro beneficiário José. De fato ele, com Maria e sobretudo depois com Jesus, aprende a relacionar-se de modo novo com Deus, colaborando no seu projeto de salvação”, indicou.
Segundo Bento XVI, com o exemplo da sua família, “Jesus aprendeu a alternar oração e trabalho, e a oferecer a Deus o suor e cansaço para ganhar o pão de cada dia”.
Após desejar aos presentes um “feliz ano novo”, o Papa deixou uma saudação aos peregrinos de língua portuguesa, confiando a Deus as suas famílias e “os sonhos de bem que abrigam no coração”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário