Instituição Religiosa-Igreja Católica-Paróquia São José Operário Tel.4582-5091- Retiro Jundiaí

Acesse nossa página no Facebook

Acesse nossa página no Facebook:





Compromisso de todo Cristão

Compromisso de todo Cristão
Compromisso de todo Cristão

Somos todos operários da messe!

Somos todos operários da messe!
Somos todos operários da messe!

sábado, 26 de abril de 2014

Artigo: Vamos falar de confiança?

 " É a base do relacionamento entre as pessoas. Veja que ela é difícil de ser respondida exatamente porque as duas partes têm que ter a virtude da confiança para que um relacionamento seja realmente possível e duradouro. Você tem que ser confiável, mas eu também preciso confiar. Confiança exige crédito, que vem de acreditar, novamente, confiar. Sem confiança todo o relacionamento humano se rompe."
E se você pensar bem quase tudo o fazemos exige confiança. O empregador confia que o trabalhador cumpra suas tarefas e o empregado confia que o patrão cumpra suas obrigações e o respeite como ser humano. O aluno confia que a escola lhe dê uma educação de valor e os professores confiam que os alunos façam a sua parte estudando, participando e se interessando por aprender.É assim em tudo na vida. Pensem num casamento. Pensem nos filhos. Quanto um filho tem que confiar em seus pais e quanto os pais têm que confiar em seus filhos! Sem confiança é impossível imaginar instituições sociais sólidas e perenes. Quando você contrata um serviço confia que o prestador irá entregar o que foi contratado. Até mesmo quando votamos, confiamos que aquele que escolhemos irá cumprir com sua palavra e com suas promessas.Assim, as perguntas que temos que nos fazer constantemente são: sou confiável? As pessoas podem realmente confiar em mim? Cumpro a minha palavra? Cumpro minhas obrigações? Cumpro horários e prazos? Ajudo? Colaboro? Participo? Faço mais do que a simples obrigação? Sou uma pessoa realmente honesta e ética? E ainda: confio nas pessoas? Perdoo? Ajudo as pessoas a serem mais confiáveis? Lembre-se que sem confiança os relacionamentos humanos, pessoais ou comerciais não podem dar certo.
(Extraído dos escritos do Prof. Luiz Marins)

Nenhum comentário:

Postar um comentário