Instituição Religiosa-Igreja Católica-Paróquia São José Operário Tel.4582-5091- Retiro Jundiaí

Acesse nossa página no Facebook

Acesse nossa página no Facebook:





Compromisso de todo Cristão

Compromisso de todo Cristão
Compromisso de todo Cristão

Ano Nacional Mariano

Ano Nacional Mariano
Ano Nacional Mariano

quinta-feira, 19 de junho de 2014

Celebrando Corpus Christi na Paróquia

Falando sobre a procissão:

A procissão com a hóstia consagrada e as leituras dos textos litúrgicos desta solenidade foram preparados por São Tomás de Aquino, e datam do ano de 1274. Foi, no entanto, no período barroco que a festa se difundiu e tornou-se um verdadeiro e imenso cortejo de ação de Graças.
 No Brasil, a festa é cada vez maior. A tradição de enfeitar as ruas com tapetes coloridos, que recordam a Eucaristia e a vida da Igreja, é verdadeira expressão de fé e de arte que nosso bom povo oferece a seu Cristo, homenageando-O presente inteiramente nas espécies consagradas quando passa pelas capitais, cidades, vilas, povoados e lugarejos mais diversos. Como no passado, Jesus hoje caminha conosco!
 A celebração festiva consta de missa, procissão e adoração ao Santíssimo Corpo e ao Santíssimo Sangue de Nosso Senhor. A Santa Missa é o memorial da paixão, morte e ressurreição de Jesus Cristo; a procissão, a lembrança da caminhada do povo de Deus, peregrino neste mundo, que marcha para a casa do Pai, o Céu, nossa meta e definitiva morada; e, a adoração, um dos mais profundos gestos de comunhão que podemos estabelecer com Nosso Senhor Jesus Cristo.

 A festividade de Corpus Christi ajuda-nos a reviver os mesmos sentimentos da Quinta-feira Santa, quando, na Catedral de São Sebastião, relembramos as palavras de Jesus pronunciadas no Cenáculo: “Tomai, isto é o Meu corpo”, “Isto é o Meu sangue, sangue da aliança, que vai ser derramado por muitos” (Mc 14, 22.24). Estas palavras, que não só hoje, mas em todas as missas que celebramos, fazem-nos entrar ainda mais no mistério do Verbo de Deus encarnado que, sob as espécies do pão e do vinho, se doa a cada homem como alimento e bebida de salvação. 
 Que a Solenidade de Corpus Christi seja a oportunidade de renovarmos nossa fé e amor a Cristo presente na Eucaristia. Que seja a oportunidade de reconhecê-Lo como nosso verdadeiro alimento, pão dos homens, pão dos anjos, alimento salutar. Quem come desse pão não terá mais fome, quem bebe desse vinho não terá mais sede.
 Que seja ainda a manifestação pública de nossa fé e confiança em Cristo, centro, fonte e ápice de toda a vida da Igreja. Com Cristo, queremos trabalhar sempre mais para que a vida seja um constante caminhar, e promover o bem, a felicidade, a paz e a verdadeira concórdia.
 Jesus sacramentado, nosso Deus amado!

Nenhum comentário:

Postar um comentário