Instituição Religiosa-Igreja Católica-Paróquia São José Operário Tel.4582-5091- Retiro Jundiaí

Acesse nossa página no Facebook

Acesse nossa página no Facebook:





Compromisso de todo Cristão

Compromisso de todo Cristão
Compromisso de todo Cristão

Somos todos operários da messe!

Somos todos operários da messe!
Somos todos operários da messe!

domingo, 7 de maio de 2017

DOMINGO DO BOM PASTOR/DIA MUNDIAL DE ORAÇÕES PELAS VOCAÇÕES

"Qual a imagem que você tem em mente de um pastor?"

Lembremos o profeta Ezequiel, quando se dirige aos reis e os compara com pastores que enganam seu povo: “Ai dos pastores de Israel que são pastores de si mesmos!”. “Vocês bebem o leite, vestem a lã, matam as ovelhas gordas, mas não cuidam do rebanho. Vocês não procuram fortalecer as ovelhas fracas, não dão remédio para as que estão doentes, não curam as que se machucaram, não trazem de volta as que se desgarraram e não procuram aquelas que se extraviaram. Pelo contrário, vocês dominam com violência e opressão” (Ez 34, 3-4).
Pastores de si mesmos somente se interessam por aquilo que podem oferecer-lhes as ovelhas, seja a lã, o leite, a carne. Eles não cuidam do rebanho, somente o dominam com violência e opressão.
Esta referência a Ezequiel traz à memória alguns dos textos de Francisco quando recorda que “o mundo precisa de pastores que saibam tratar os outros com misericórdia, porque esta atitude pode mudar o coração das pessoas e deve ser o centro propulsor de toda ação pastoral e missionária (Texto completo: Francisco clama por uma Igreja cheia de “pastores que saibam tratar e não maltratar”).
Jesus continua dizendo que ele é a porta das ovelhas e através dela as ovelhas têm liberdade para entrar e sair e encontrarem pastagens. Mais adiante agrega “Eu vim para que tenham vida, e a tenham em abundância”.
É um chamado não somente para ter presente que ele oferece a vida em abundância, mas também é um convite a ser portadores dessa vida para as pessoas que estão ao nosso redor.
Há alguns anos houve uma expressão de Francisco que foi muito conhecida: “que os pastores tenham cheiro de ovelhas”.
Para isso é preciso escutar a voz do pastor e ter um ouvido afinado, que se acostuma a distinguir porque conhece esse som dos que também o convidam continuamente a ir atrás dele.

Ouvir sua voz é conhecer aquilo que nos pede nesse pequeno sussurro interior e convida-nos a ser criativos e audazes no seguimento a Jesus. Numa comunidade não há pessoas a serviço de outras, senão que todas somos servidoras umas das outras.

Nenhum comentário:

Postar um comentário