Instituição Religiosa-Igreja Católica-Paróquia São José Operário Tel.4582-5091- Retiro Jundiaí

Acesse nossa página no Facebook

Acesse nossa página no Facebook:





Compromisso de todo Cristão

Compromisso de todo Cristão
Compromisso de todo Cristão

Ano Nacional Mariano

Ano Nacional Mariano
Ano Nacional Mariano

sexta-feira, 20 de fevereiro de 2015

Pastoral da comunicação fala sobre a importância da Campanha da Fraternidade

A celebração de Cinzas ocorrido na última quarta-feira marcou oficialmente a abertura da CF-2015 nas comunidades. Como já sabemos esta tem como finalidade unir as exigências da conversão, da oração e da penitência com algum projeto social, na intenção de renovar a vida da Igreja e ajudar a transformar a sociedade, a partir de temas específicos, tratados sob a visão cristã, convocando os cristãos a uma maior participação nos sofrimentos de Cristo, vendo-o na pessoa do próximo, especialmente dos mais necessitados da nossa ajuda.O setor de comunicação(Pascom),aproveitou a oportunidade e ressaltou o significado do cartaz deste ano e também algumas questões práticas no trabalho pastoral quando se fala em colocar-se a serviço. Quando alguém é convidado para um serviço na Igreja, em boa parte das vezes a pessoa já vai logo falando que não tem tempo, que tem o marido, os filhos, a escola, ou que está desempregada (o). Enfim, coloca tantos empecilhos sem nem parar para analisar o convite. As pessoas precisam desfazer o preconceito de que quem serve a Deus deixa de viver e se isola. Nada disso, quando nós servimos a Deus a nossa vida muda, mas para melhor. Servir ao Senhor é um ato de humildade, principalmente nos dias de hoje, em que todas as atitudes visam o lucro. O serviço a Deus é graça, e quem serve entende que tudo que se tem vem da gratuidade do Senhor, e nada mais justo que retribuir em ações que edificam a Sua Igreja. Não é moeda de troca, mas o serviço fiel ao Senhor nos mostra a fidelidade d’Ele para conosco pois enquanto cuidamos das coisas d’Ele, vamos percebendo o cuidado d’Ele para com a nossa família e nossa vida. Ressaltado também que a opção pelo servir tem de vir do coração, não só porque alguém o chamou ou porque toda a família e o grupo de amigos fazem, senão você corre o risco de "querer se aparecer", fazendo muitas coisas só para agradar os outros. Só Deus conhece seu coração e o quer feliz; se for para servir que seja de coração. Existe muito serviço na Igreja e espaço para todos que, de coração, desejam servir com humildade. Lembrando sempre que Jesus leva em plenitude o Eu vim para servir (cf. Mc 10,45).

Nenhum comentário:

Postar um comentário