Instituição Religiosa-Igreja Católica-Paróquia São José Operário Tel.4582-5091- Retiro Jundiaí

Minha foto
Jundiaí, São Paulo, Brazil
Instrumento a serviço da Paróquia São José Operário.(Bairro Retiro-Jundiaí) R.Maestro Paulo Mário de Souza,284-Retiro Cep.13211-160- Fone/Fax:(11)4582-5091-e-mail:psjoperario@ig.com.br-Horário de atendimento da secretária:Seg.a Sexta das 08:00 as 12:00 e das 13:00 as 17:00- No Sábado das 08:00 as 12:00.

Região Pastoral V

Região Pastoral V
Região Pastoral V - ACESSE NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK (LINK ABAIXO):

Compromisso de todo Cristão

Compromisso de todo Cristão
PASTORAL DA COMUNICAÇÃO - SJO

Pastoral da Comunicação-Pascom

Pastoral da Comunicação-Pascom
LEIA NOSSO JORNAL DIOCESANO - https://dj.org.br/o-verbo/ - e-mail:verbo@dj.org.br

Pastoral da Comunicação-Pascom

Pastoral da Comunicação-Pascom
Pastoral da Comunicação-Pascom

sábado, 16 de setembro de 2017

Comunidade celebra Festa da Exaltação da Santa Cruz

Celebrado em nossa paróquia nesta semana que passou a Festa da Exaltação da Santa Cruz. Uma celebração que traz em si um significado profundo e uma mensagem de um amor maior.

O mistério da Cruz de Cristo é enorme e ensina-nos que a salvação é definitiva, que temos que nos afastar do relativo e abraçar o absoluto. Também nos ensina que temos que nos convencer sempre mais de que o sonho de Deus, que é paz, justiça, concórdia e solidariedade, é tarefa de todos. Que a vida cristã consiste em viver bem neste mundo, na lógica do projeto de Deus, que quer dizer que devemos andar na direção do Reino, inaugurado por Jesus de Nazaré, em sua entrega e exaltação. Que Deus nos dê a graça de mais e melhor compreendermos o Seu insondável mistério, do qual somos
chamados a participar, colocando-nos de um modo solidário diante de tão grande favor, associados, evidentemente, a Maria, mãe solícita, disponível e servidora. Que o Cristo exaltado da Cruz seja memória clara, e que não paire dúvida sobre a redenção do gênero humano, sensibilizando-nos a proclamar bem alto e até mesmo gritar o Evangelho de Jesus com a própria vida, na assertiva do bem-aventurado Charles de Foucauld: “Tão logo que acreditei existir um Deus, compreendi que só podia fazer uma única coisa: viver só para Ele”. Que a Cruz de Cristo seja contemplada como sinal do amor maior, imprimindo na mente e no coração das pessoas o olhar solidário de Jesus, tendo presentes os pontos da mãe Terra, onde residem criaturas humanas em situação infra-humana ou em estado de rejeição ou abandono. Amém!
Nosso abraço fraterno aos coordenadores, extensivo a toda a comunidade Santa Cruz.

Nenhum comentário:

Postar um comentário