Instituição Religiosa-Igreja Católica-Paróquia São José Operário Tel.4582-5091- Retiro Jundiaí

Minha foto
Jundiaí, São Paulo, Brazil
Instrumento a serviço da Paróquia São José Operário.(Bairro Retiro-Jundiaí) R.Maestro Paulo Mário de Souza,284-Retiro Cep.13211-160- Fone/Fax:(11)4582-5091-e-mail:psjoperario@ig.com.br-Horário de atendimento da secretária:Seg.a Sexta das 08:00 as 12:00 e das 13:00 as 17:00- No Sábado das 08:00 as 12:00.

Região Pastoral V

Região Pastoral V
Região Pastoral V - ACESSE NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK (LINK ABAIXO):

Compromisso de todo Cristão

Compromisso de todo Cristão
PASTORAL DA COMUNICAÇÃO - SJO

Pastoral da Comunicação-Pascom

Pastoral da Comunicação-Pascom
LEIA NOSSO JORNAL DIOCESANO - https://dj.org.br/o-verbo/ - e-mail:verbo@dj.org.br

Pastoral da Comunicação-Pascom

Pastoral da Comunicação-Pascom
Pastoral da Comunicação-Pascom

sexta-feira, 6 de junho de 2014

Pentecostes: encontro de oração pela paz

A solenidade de Pentecostes deste domingo (8) será marcada pelo Encontro de Oração pela Paz que reunirá, no Vaticano, o papa Francisco e os presidentes de Israel, Shimon Peres, e da Palestina, Mahmoud Abbas. A iniciativa contará com a presença do patriarca de Constantinopla, Bartolomeu, e com as orações de fiéis de todo o mundo. Em mensagem enviada aos bispos, Francisco pede para que “este momento envolva todos os fiéis, a fim de que seja mais intensa a oração elevada a Deus e seja finalmente concedida à Terra de Jesus aquela paz que os anjos anunciaram quando Ele nasceu”.
Durante a sua peregrinação à Terra Santa, realizada entre 24 e 26 de maio, o papa Francisco convidou os presidentes de Israel, Shimon Peres, e da Palestina, Mahmoud Abbas, para um encontro de oração pela paz. “Será um encontro de oração. Não será um encontro para fazer uma mediação ou buscar soluções, não! Reuniremos-nos para rezar, somente. Depois, cada um volta para sua casa. Mas eu acredito que a oração seja importante, e rezar juntos sem fazer discussões de outro tipo, isto ajuda”, disse o papa Francisco aos jornalistas ao retornar da peregrinação. O papa explicou ainda que o encontro era para ter ocorrido na Terra Santa, mas não foi possível devido aos problemas logísticos, sobretudo com relação ao território.
Fonte:CNBB

Nenhum comentário:

Postar um comentário