Instituição Religiosa-Igreja Católica-Paróquia São José Operário Tel.4582-5091- Retiro Jundiaí

Minha foto
Jundiaí, São Paulo, Brazil
Instrumento a serviço da Paróquia São José Operário.(Bairro Retiro-Jundiaí) R.Maestro Paulo Mário de Souza,284-Retiro Cep.13211-160- Fone/Fax:(11)4582-5091-e-mail:psjoperario@ig.com.br-Horário de atendimento da secretária:Seg.a Sexta das 08:00 as 12:00 e das 13:00 as 17:00- No Sábado das 08:00 as 12:00.

Região Pastoral V

Região Pastoral V
Região Pastoral V - ACESSE NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK (LINK ABAIXO):

Compromisso de todo Cristão

Compromisso de todo Cristão
PASTORAL DA COMUNICAÇÃO - SJO

Pastoral da Comunicação-Pascom

Pastoral da Comunicação-Pascom
LEIA NOSSO JORNAL DIOCESANO - https://dj.org.br/o-verbo/ - e-mail:verbo@dj.org.br

Pastoral da Comunicação-Pascom

Pastoral da Comunicação-Pascom
Pastoral da Comunicação-Pascom

sábado, 14 de abril de 2018

Dom Vicente Costa em nossa paróquia e o nosso reconhecimento aos catequistas da Crisma



A paróquia São José Operário recebeu no último sábado (7) a presença de Dom Vicente por ocasião da celebração que conferiu o Sacramento da Crisma ou Confirmação.
Além da presença de nosso Pastor, queremos aqui, elevar a Deus uma prece e  destacar o trabalho de nossos catequistas.
Sempre é muito oportuno ressaltar  o trabalho dos catequistas. Empenho, dedicação é marca registrada nesta missão a eles confiadas.
Além de se esforçar por conhecer adequadamente a mensagem que expõe ele passa a ser um sinal visível das coisas do Evangelho, a partir de sua vida. Todos os que o escutam devem poder  compreender que, de certo modo, seus olhos “viram” e suas mãos “tocaram” o Mistério. Os catequizandos haverão de receber luz e certeza de sua experiência religiosa.
Mais ainda: o catequista haverá de estimular a liberdade e a responsabilidade dos discípulos, fazendo que eles possam verificar na prática as verdades propostas, alimentar a atividade apostólica e o espírito comunitário, introduzir na vida litúrgica. Estes são alguns dos objetivos espirituais muitas vezes lembrados através dos quais o catequista realiza sua obra educativa. Quando o ensino do catequista vai se tornando educação aparece no horizonte a vontade de Deus.  O catequista nunca esquecerá que o desenvolvimento da “nova criatura” rumo à plenitude do estado de Cristo, querida pelo Pai, é obra do Espírito Santo. Haverá de reconhecê-lo com humildade e gratidão. 
Catequistas, nossa gratidão!

Nenhum comentário:

Postar um comentário