Instituição Religiosa-Igreja Católica-Paróquia São José Operário Tel.4582-5091- Retiro Jundiaí

Tania e Vânia (Sec. Paroquial) - Milena (Sec. Capela São Gabriel)

Tania e Vânia (Sec. Paroquial) - Milena (Sec. Capela São Gabriel)
Tania e Vânia (Sec. Paroquial) - Milena (Sec. Capela São Gabriel)

sábado, 14 de abril de 2018

Pe. José Paulo fala sobre o Domingo da Divina Misericórdia


Padre José Paulo por ocasião das comemorações do Ano Jubilar da Paróquia São José Operário lembrou em sua homilia do “Domingo da Misericórdia".
 No segundo Domingo da Páscoa, a Igreja celebra a Divina Misericórdia.
Quem o incluiu no calendário da Igreja foi São João Paulo II.
No ano 2000, o Papa João Paulo II canonizou Santa Faustina e, durante a celebração, declarou:
“É importante, então, que acolhamos inteiramente a mensagem que nos vem da palavra de Deus neste segundo Domingo de Páscoa, que de agora em diante na Igreja inteira tomará o nome de ‘Domingo da Divina Misericórdia’” (Homilia, 30 de abril de 2000).
No Plano da salvação, o Pai enviou o Filho para o perdão dos pecados e o Filho enviou a Igreja. Ele quis que o perdão dos pecados fosse dado não de maneira vaga e abstrata, mas de maneira concreta, pelos ministros da Igreja, os sacerdotes do Senhor. Por isso, o sacerdote ao perdoar nossos pecados diz: “Pelo ministério da Igreja… eu te absolvo de todos os teus pecados”. Que consolo! Que alegria, saber que o Sangue precioso do Senhor derramado na Paixão lava a nossa alma de todos os pecados. Não há misericórdia maior; não há amor mais profundo; não há certeza mais firme de perdão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário