Instituição Religiosa-Igreja Católica-Paróquia São José Operário Tel.4582-5091- Retiro Jundiaí

Minha foto
Jundiaí, São Paulo, Brazil
Instrumento a serviço da Paróquia São José Operário.(Bairro Retiro-Jundiaí) R.Maestro Paulo Mário de Souza,284-Retiro Cep.13211-160- Fone/Fax:(11)4582-5091-e-mail:psjoperario@ig.com.br-Horário de atendimento da secretária:Seg.a Sexta das 08:00 as 12:00 e das 13:00 as 17:00- No Sábado das 08:00 as 12:00.

Região Pastoral V

Região Pastoral V
Região Pastoral V - ACESSE NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK (LINK ABAIXO):

Compromisso de todo Cristão

Compromisso de todo Cristão
PASTORAL DA COMUNICAÇÃO - SJO

Pastoral da Comunicação-Pascom

Pastoral da Comunicação-Pascom
LEIA NOSSO JORNAL DIOCESANO - https://dj.org.br/o-verbo/ - e-mail:verbo@dj.org.br

Pastoral da Comunicação-Pascom

Pastoral da Comunicação-Pascom
Pastoral da Comunicação-Pascom

segunda-feira, 1 de abril de 2019

Padre Daniel fala sobre a importância da reconciliação com Deus através da confissão dos pecados

Por ocasião do 4º domingo da quaresma, neste domingo,31/03 Pe. Daniel em sua homilia dentre os muitos ensinamentos, exortou a todos os fiéis sobre a importância de não deixar passar a oportunidade de buscar o Sacramento da Confissão. Enfatizou sobre a opção de participação (para quem ainda não confessou) participar das confissões nas comunidades em nossa Região pastoral (Região V) que ainda tem em andamento sua programação e, sobretudo buscar marcar um horário no meio de semana.
Com base no livro de Josué (5,9a.10-12) que diz que fomos libertados, escapamos da vergonhosa escravidão do pecado.
Vivendo uma vida nova em Jesus, na terra reconciliados com Deus nosso Pai, temos que ser seguidores constantes da esperança, na certeza que a vitoria final será da justiça e do amor. Nossa fé em Jesus, nossa entrega a Ele exige isso de nós. Não vivemos no medo nem na nostalgia do passado. Somos chamados a festa da Alegria como propõe este domingo que vem liturgicamente simbolizado pela cor rósea. Como dizia o Pai Misericordioso (Lc.15,32), é preciso festejar e alegrar-nos e voltarmos a viver, estávamos perdidos e fomos encontrados. Quem ouve esta parábola do lado de fora não entenderá nada. Continuará a caminhar pela vida sem Deus. Quem a escuta no seu coração, talvez chore
de alegria e gratidão. Sentirá pela primeira vez que o mistério final da vida é Alguém que nos acolhe e nos perdoa porque só quer a nossa alegria.
por Márcio Neves - Comunicação SJO
  

Nenhum comentário:

Postar um comentário